SITUAÇÃO:

Gorrinho e Jorginho seguram viagem e chegaram a um terreno íngrime, escorregadio e cheio de pedras. 

- Veja, Jorginho, é aqui que o rio nasce - apontou Gorrinho. 

Jorginho encheu seu cantil e, preocupado, disse:

- Nós não devíamos ter subido por esse terreno. Estou achando que a descida vai ser punk!

- Não seja tão melodramático. Vamos descobrir um jeito de...

Gorrinho sequer terminou a frase e esgorregou no limo e quase caiu da ribanceira.

 

- Posso ficar melodramático agora? - indagou Jorginho assustado. 

 

- Pode! - respondeu Gorrinho atônito. 

 

- Precisamos ir em direção a Pico Alto - disse Jorginho apontando para a montanha ao longe. - Pelo menos já sabemos a direção.

 

Mas havia um grande problema. Como os dois desceriam um paredão tão íngrime e cheio de pedras?  

Para surpresa dos meninos, havia uma placa com os seguintes dizeres:​

"A descida possui 80 pedras. 60% delas têm limo. As demais estão divididas entre pedras firmes e soltas, sendo que existem três vezes mais pedras firmes que soltas". ​

Gorrinho pôs-se a pensar: 

- Então qual é o percentual correspondente às pedras consideradas perigosas, ou seja, com limo e soltas?

Autor: João Pedro Roriz

Ilustrador: Marcelo Perrone Campos

Inspirado na obra Gorrinho e Jorginho perdidos na mata, de João  Pedro Roriz (Paulus Editora). 

Todos os direitos reservados.