Hora de praticar o "de boísmo"


Sempre tem alguém que não gosta da gente, né. Mas isso é uma pena!

Sou aquela pessoa que puxa a cadeira e senta pra tomar um chimarrão ou um café. Que fala sobre o futebol ou sobre política. Que fala sobre moda e beleza mas também sobre a queda do dólar.

É só encontrar alguém de espírito manso que eu me aprochego. Então, fico analisando o ódio atual gerado por conflitos nas redes sociais aonde todos viraram juízes com um martelo na mão. Essa galera precisa praticar o "de boísmo".

Sempre tem alguém que não vai com a nossa cara e isso até entendo! O que não entendo é o ódio gratuito, a necessidade de espalhar veneno por aí. Então, fico pensando o que aconteceria se todos nós resolvêssemos "ficar de boa".

Seria um tapa na cara do ódio?

#Candoca

0 visualização

João Pedro RorIz

Site oficial do escritor